O futuro parece estar logo ali. Estamos abrindo uma nova década, novas perspectivas e nunca a tecnologia evoluiu tanto e esteve tão presente. Somos um mundo cada vez mais conectado. Tudo acontece, gira, permanece através das redes navegadas pelos smartphones. É assim que negócios, educação, mente, alma, relacionamentos… tudo se conecta. Não entramos mais online, vivemos online. Henry Jenkins, em sua obra ‘Cultura da Convergência’ diz que essa convergência é puramente cultural, e não acontece nas máquinas, mas sim na mente e nos corações das pessoas. E para qualquer tipo de negócio hoje o grande risco é não arriscar. A inovação não pode ser algo que uma empresa investe uma ‘bala’ para depois deixar tudo como estava. A concorrência não está no quarteirão ou no bairro, mas até do outro lado do planeta. O Ali Express está aí para não me deixar mentir. E você pode escolher se quer chorar ou vender lenços, você decide.

O objetivo de uma empresa nas redes sociais, seja ela de qualquer ramo for, deve sempre buscar relacionamento. E não vale interromper o caminho do usuário/internauta. Tudo fugiu do controle porque o poder foi transferido para o público, que, hoje, mais do que consumir, também redistribui e circula o conteúdo nas mídias digitais. A partir do momento em que as pessoas se acostumaram a escolher o que querem ver, isso muda completamente a dinâmica de qualquer negócio. Para chamar a atenção é preciso ser interessante e ter um propósito muito bem definido. Por isso será o fim de qualquer coisa que não entreter.      

Além do conteúdo é importante para um negócio, seja ele grande ou pequeno, saber escolher as redes que irá trabalhar. Você pode estar usando os canais digitais errados para falar com seu público. Já pensou nisso? Antes de continuar, ou começar, revise se quem está ali é o público em potencial para sua marca ou apenas amigos e colegas distantes, ou que curtiram para ‘dar uma força’.  Outro ponto essencial é um bom planejamento alinhado ao público que você quer atingir e definir o seu alvo. As mídias digitais não são mídias de massa, é preciso direcionar seu conteúdo para quem você quer se relacionar e quer ser lembrado. O investimento no impulsionamento de posts e rankeamento de páginas também é essencial e deve ser pensado antes, durante e depois. É um mito achar que é possível alcançar público apenas com postagens orgânicas (sem um investimento mínimo), ainda mais no Facebook, onde após uma mudança no algoritmo quer tornar essa rede social mais interativa com amigos e parentes do que com marcas. Por isso é importante investir em conteúdo de qualidade e contar sempre com o apoio de profissionais capacitados para trabalhar com as redes sociais da sua empresa.

E aproveitando, já fica mais uma dica: não aposte todas as suas fichas em apenas um canal. Hoje o Instagram desponta com uma maior eficiência e crescimento, ainda ontem o Facebook estava em alta, o IGTV está chegando, mas o Youtube apresenta mais métricas e números e ainda permite monetização… os mais jovens estão no Tik Tok. Conhece essa rede? Então trate de ir pesquisar. E assim cada canal segue seu caminho e sua empresa não pode ficar refém de apenas uma dessas. Diversifique seu conteúdo e seus canais de mídias. Mas tenha certeza de estar nos canais certos para o seu negócio. Não existe uma receita que funcione para todos. Experimente e corrija rotas.

Outra dica é: investir! Afinal é preciso dizer que não existem 5 passos mágicos para ter sucesso nas redes sociais como dizem por aí. Tem sim muito planejamento estratégico, escolha dos canais certos, definição de personas, investimento em mídia e profissionais e muito, muito estudo de comportamento do consumidor. É preciso ouvir mais e falar menos.

E para que todas essas dicas funcionem é preciso ter profissionais capacitados para cuidar da presença digital da sua marca. Se você é empresa, busque quem tem especialização na área. Se você é profissional, saiba que existem vários cursos de pós-graduação e cursos livres para diversas áreas do marketing digital. O tempo é de apostar em novos mapas para encontrarmos novas terras. #enjoy

Prof. Me. Eduardo Soares

jornalista e professor especialista em Mídias digitais

@edusoaresprof