Receita anuncia mudanças no IOF, PIS, Pasep, Cofins e contribuição patronal para a Previdência Social

Em anúncio feito na noite da quarta-feira (1º), o secretário da Receita Federal, José Barroso Tostes Neto, informou que haverá a total desoneração, por 90 dias, de Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) sobre operações de crédito.

A medida, que faz parte das ações anunciadas pelo governo federal para minimizar os danos econômicos causados pelo coronavírus, terá como objetivo baratear as linhas emergenciais de crédito já anunciadas pelo governo. Segundo Tostes, o governo deixará de arrecadar R$ 7 bilhões com a desoneração.

O secretário também anunciou o adiamento das contribuições de abril e de maio para o Programa de Integração Social (PIS), o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep), para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins) e da contribuição patronal para a Previdência Social, paga pelos empregadores. As parcelas só serão pagas de agosto a outubro, permitindo a injeção de R$ 80 bilhões na economia.

Via: Sindicont

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *