De modo geral e simples, administrar significa fazer as coisas através das pessoas para definir e implantar objetivos, metas e estratégias para alcance dos resultados pretendidos. Claro que Administração também é uma ciência, dedicada aos estudos das maneiras de organizar os recursos empresariais, além de igualmente analisar os comportamentos das organizações e os seus padrões.

A gestão, muitas vezes compreendida como um sinônimo de administração, entendo que é a prática da mesma. Ou seja, administração é algo mais teórico, científico; já gestão é algo mais prático.

Neste sentido, dentro das teorias de Administração, temos a contribuição de Henry Fayol que, dentre outros aspectos, enunciou cinco regras: Prever, Organizar, Comandar, Coordenar e Controlar. Tais regras foram publicadas no começo do século XX. Mesmo assim, tem muito a nos ensinar como veremos.

Atualmente podemos trazer tais regras que continuam sendo válidas para a gestão, aliás sendo funções básicas para uma melhor administração:

Prever: que atualmente é o planejamento, ou seja, a visualização do futuro e como traçar um programa de ação que sejam realistas e atingíveis, seja para curto, médio e longo prazos.

Organizar: reunir os recursos produtivos e pessoas para que as metas e objetivos sejam atingidos com máxima eficiência e eficácia; determinar uma estrutura organizacional coerente com o porte e ambiente de atuação.

Liderar: aplicar uma liderança efetiva e presente. Saber orientar o indivíduo, grupos e equipes. Trabalhar aspectos motivacionais e saber gerenciar conflitos e crises.

Coordenar: além de liderar, um bom gestor deve unir e harmonizar todos os atos e esforços coletivos. É de fato coordenar tudo o que ocorre no seu ambiente para saber tomar melhores decisões, enfrentar melhor os obstáculos, alterar o planejamento previsto se previsto, sendo flexível e atento às mudanças.

Controlar: nada mais é do que verificar e agir para que tudo ocorra conforme com as normas, regras e ordens estabelecidas e dadas. Ou seja, é fazer com que o planejamento atinja seu objetivo e resultados pretendidos.

Mas para poder aplicar estas regras o gestor (ou administrador) deve estar em constante aprendizagem, em contato com seu pessoal, comprometido com o planejamento e com os resultados; além de ter preparo e formação técnica, conceitual e saber lidar com pessoas.

O gestor deve conhecer muito bem do seu negócio, confiar nas pessoas e na equipe, sempre se mantendo informado. Conhecer o fluxo de caixa da empresa, acompanhar a rotina da mesma, implantar um modelo realista e saber desenvolver a organização, dentre outros aspectos, ajudam e muito a tornar a gestão mais eficaz e, junto com as cinco regras, deixar mais a administração mais saudável.

Claro que isto não é uma fórmula mágica de gestão e muito menos resume tudo sobre administração; mas acredito que possa ajudar aqueles que possuem um negócio, por menor que seja, e independente do ramo de atuação a pensar melhor sobre sua forma de agir e gerenciar.

Demetrio Luiz Pedro Bom Junior

Contador e Administrador de Empresas

CRC SP-315480/O-1 / CRA SP 78891

Diretor Educacional Suplente – AESCON Ribeirão Preto

E-mail: [email protected]